Análise: Flamengo 2 x 0 São Paulo

O São Paulo foi ao Estádio Luso Brasileiro, onde já tinha aplicado a maior goleada no confronto (6 a 1), com a expectativa de volar a vencer e acalmar os ânimos neste momento de crise. Rogério Ceni entrou com um time marcador, para poder conter o bom meio-campo do Flamengo e veio com a proposta de não tomar gol e jogar pelo contra-ataque.

Tivemos 2 novidades antes do jogo começar, a entrada Petros, o qual não está em seu melhor condicionamento físico, e a volta de Wesley, a qual nãp agradou nenhum torcedor.

O tricolor estava controlando bem a partida, mas não esboçava nenhuma jogada de ataque. É incrível como o time não cria e não chuta certo. E acabou sendo castigado ao tomar um gol de falta, muito mal marcada. do rival. E logo em seguida, tomou o segundo, devido ao psicológico abalado do acontecimento recente.

No segundo tempo, o técnico corrigiu alguns erros de escalação, e sacou Wesley para a entrada do fraco Denílson. O time aparentemente ficou mais agressivo, pois o Flamengo estava dando a bola para e deixando o São Paulo jogar. Mesmo com as entradas de Wellington Nem e Shaylon, o cenário não mudou. Mais uma partida sem vencer e agora entrando de vez na zona de rebaixamento.

Vamos as notas individuais:

Renan Ribeiro: Evitou uma goleada. Nota: 70

Araruna: Não tem jogado bem após retornar de lesão. Nota: 50

Rodrigo Caio: Em alguns lances vacilou e em outros salvou. Nota: 60

Lugano: Regular! Nota: 60

Júnior Tavares: Mais um que fez uma partida regular. Nota: 60

Petros: Hoje era um bom dias para os seus chute à longa distância, mas não foi feliz. No mais, foi bem mais ou menos. Nota: 55

Jucilei: Mostrou entrosamento com o Petros, fez uma partida na média! Nota: 60

Wesley: Não tem como ser titular do clube! Nota: 45

Marcinho: Caiu muito de rendimento e está merecendo voltar ao banco. Nota: 45

Lucas Pratto: Um centroavante não pode ficar criando jogadas, cruzando e tendo que finalizar. Ele é apenas uma pessoa, mas com o time é fraco, acaba tendo que desempenhar todas essas funcções. Nota: 55

Cueva: É um grande mistério onde foi parar o seu futebol. Nota: 50

Denílson: Aparentemente deu um gás ao time, mas é um jogador mediano. Nota: 50

Wellington Nem: Enquanto não sabemos onde está o futebol de Cueva, o deste a gente sabe: esqueceu na Ucrânia. Nota: 45

Shaylon: Tentou uma ou outra jogada de efeito. Nota: 55

Rógerio Ceni: Cometeu um erro de escalação com o Wesley no time titular e outro de tática, não podemos abrir mão da criação. Parece que o time não vai fazer gol nunca. Nota: 50

 

Estatísticas do jogo
Avalie

Sou publicitário, trabalho com sites e apaixonado pelo tricolor paulista! Resolvi juntar todas as minhas paixões e transformá-las no #TeamSãoPaulo.

Sem comentários

Deixe um comentário